Notícias

Programa Mão Amiga conclui capacitação de curso de Auxiliar de Veterinária

Cerca de 30 pessoas foram capacitadas e aprenderam sobre zoonoses, controle de roedores e até a dar banho e tosar pets

Os alunos de Auxiliar de Veterinária, do programa Mão Amiga, da Prefeitura de Campinas, concluíram o curso nesta sexta-feira, dia 12 de novembro, na Estação Ambiental de Joaquim Egídio, com café da manhã e trilha pela região. Cerca de 30 bolsistas do Mão Amiga participaram desta capacitação, que começou em agosto. O programa tem como objetivo qualificar para o trabalho e promover a cidadania e a reinserção social das pessoas em situação de rua.
 
O curso de Auxiliar de Veterinária foi ministrado pela equipe do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal (DPBEA), da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.
 
O secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Rogério Menezes, esteve presente nesta última aula, na qual ministrou junto ao veterinário do DPBEA, Paulo Anselmo. “Os alunos conheceram a fauna da Área de Proteção Ambiental (APA) de Campinas, de Sousas, de Joaquim Egídio e do Gargantilha. Conversamos sobre a diversidade biológica, a importância da APA para a produção de água para a nossa cidade, e os tipos de mamíferos, répteis, aves e anfíbios existentes na nossa região”, contou o secretário Rogério Menezes.
 
De acordo com o diretor do DPBEA, Vagner Bellini, os alunos tiveram aulas, teóricas e práticas, sobre comportamento animal, fisiologia, microbiologia, controle de roedores e animais peçonhentos, zoonoses, banho e tosa de pets, entre outros.
 
O coordenador de Educação Ambiental, Amandi Buzon, encerrou com uma apresentação musical ao violão. As aulas do curso de Auxiliar de Veterinária foram ministradas pelos veterinários Paulo Anselmo Felippe, Matheus Alkmin e Pamela Bernardes, chefe do setor de Identidade Animal do DPBEA; e pelo gestor ambiental e coordenador do DPBEA, Rodrigo Pires.
 
A secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas, Vandecleya Moro, destacou a importância do programa Mão Amiga para a ressocialização e a capacitação profissional das pessoas que estavam em situação de rua: "Temos na Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas uma dupla preocupação: atender às demandas urgentes da população vulnerável, mas também ajudá-los a se emancipar. A conclusão do curso de Auxiliar de Veterinária, do Mão Amiga, é motivo de alegria e satisfação para todos nós, pois sabemos como isso contribui para que esses formandos consigam oportunidades de trabalho e crescimento pessoal", afirmou a secretária Vandecleya Moro.
 
 
Sobre o Mão Amiga
 
O programa Mão Amiga teve início em 2016, com o objetivo de dar formação profissional às pessoas em situação de rua, reinserção no mercado de trabalho e, consequentemente, no convívio familiar e social. Os bolsistas são indicados pelos serviços da rede socioassistencial da Prefeitura e, para iniciar os cursos, passam por um processo seletivo. Além deste curso de Auxiliar de Veterinária, o programa já ofereceu formações nas áreas de jardinagem e paisagismo, hidráulica e elétrica predial.